domingo, 11 de julho de 2010

Trindade



As irmãs de diferente sangue se encontram
vivendo sem pudor o regojizo celestial
amigas vivendo com amor
uma e outra unidas com louvor
mas tudo passa e tudo não para de mudar
pois o divino globo gira sem pretensão de parar
e quando os caminhos se separaram,
corpo e alma se mudaram
Tic-Tac, mês a ano, o tempo começou a caminhar
e as velhas estradas novamente a se cruzar
mas, uma bela surpresa ali havia através de um caminho que surgia bordado , com brilho e botões de rosa
para a bela estrela que sorria-lhes toda prosa
E é assim que termino de contar esta historia
pois, amiga mãe e filha
juntas estarão até o fim de cada dia

5 comentários:

  1. Oh, que lindo...sobrinho!!! Adorei....:)
    Me emocionou....

    Essa fase com a minha minga e Stellinha está sendo mto importante pra minha vida. E vc conseguiu captar isso...

    Te amo...poeta...orgulho!!!

    bjs sua tia e fã

    ResponderExcluir
  2. a sensibilidade de perceber o amor....

    ResponderExcluir
  3. ossa fiquei emocionada....
    vini, no dia que te conheci pude ver que era especial...rapaz humilde, educado, generoso...e já gostei de vc...
    E agora vejo que é um poeta!!! um puta poeta! pois além da sensibilidade, tens a sabedoria de por em palavras de uma forma linda!
    agora virei fã!
    beijooo de duas personagens!!!! e sucesso por aqui!!!

    Tati e Stella

    ResponderExcluir
  4. Filho bom perceber que vc enxerga o verdadeiro sentimento,amizade e algo importante em nossas vidas.Receber amor de alguém que se torna importante não por laços de sangue mas por escolha e algo muito forte!

    ResponderExcluir